Edição 169 – 7/10/2020

PEC 32/2020: “Maioria do serviço público não conseguiu compreender a gravidade desta proposta”, afirma presidente do Fonacate


“O que nós estamos percebendo, enquanto dirigentes de entidades de classe, é que a grande maioria do serviço público não conseguiu compreender a gravidade desta proposta”, afirmou o presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques, durante o webinar “Reforma Administrativa: o fim do serviço público?”, promovido pelo Sinal na última quarta-feira, 30 de setembro.

Na avaliação de Marques, a falta de entendimento por parte do funcionalismo é bastante prejudicial à construção de uma luta unificada e contundente contra os prejuízos decorrentes da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020. Retrocessos que foram listados pelo presidente do Fonacate.

“Ela [a reforma] é calcada em três pilares: a precarização das relações de trabalho, o aviltamento salarial e a entrega de fatias de serviço público para a iniciativa privada”, observou.

Clique na imagem acima para acessar vídeo com trechos da participação do dirigente no webinar.

Assista aqui à íntegra do evento.

Edições Anteriores